Total de visualizações de página

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Wiseco "Cabeças de Pistões"

Wiseco "Cabeças de Pistões"

A Wiseco iniciou a manufatura de pistões 70 anos atrás quando o seu fundador Clide Wiseman começou a fabricá-los em sua garagem. Os pistões eram destinados para o uso em motores marítimos de grandes diâmetros e como tantas empresas bem sucedidas que começaram na garagem das pessoas, de maneira que o boca a boca sobre o que ele estava fazendo se espalhou e logo ele estava fazendo pistões para amigos e seu negócio começou a crescer.. Quando a Wiseco foi oficialmente formada em 1941 ela atendeu as necessidades de competidores e entusiastas de esportes a motor e hoje, o setor de esportes a motor - predominantemente motocicletas e ATV's (quadriciclos) - compõem a maio parte do trabalho exercido pelo negócio.
O proposito de "fazer sozinho" que levou Clyde Wiseman a começar a fazer o seu próprio pistão ainda permanece na Wiseco, com a empresa tendo em suas próprias dependências equipamentos e todas as facilidades, não somente para forjar seus próprios pistões, mas para desenvolver e fazer também as ferramentas necessárias para fabricar aqueles pistões!
Esta habilidade não somente mantem os custos baixos, sem a necessidade de comprar qualquer coisa a não ser matérias primas, mas permitindo inclusive uma qualidade maior do produto. Enquanto outros fabricantes de pistões forjam um desenho de pistão e depois o adapta para atender uma quantidade de aplicações com trabalhos de usinagem, a Wiseco faz cada pistão com uma forja especifica para a aplicação escolhida.

-- Entrevista e Fotografia de Brian Marion brian@dealer-world.com -- Escrito por Duncan Moore duncan@dealer-world.com e traduzido para o português por Carlos " Skateninha" Ourique

 "Em motores de performance, o aumento da carga inercial requer um pistão forjado"
 10 DEALERWORLD - JUNE 2009

Dave Fussner, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento na Wiseco, explica a razão por trás de ser o único fabricante de pistões do mercado de reposição e que o distingue dos demais.

"Um pistão certamente parece ser redondo olhando de fora, mas ele de fato não é. Eles tem um desenho muito especial na área de suas saias que permite uma expansão (dilatação) "irregular" sob calor, o que é causado porque o calor é concentrado no topo do pistão, e à medida que flui através, ela encontra diferentes espessuras de metal. O topo do pistão expande (dilata) mais do que a saia. Como resultado disso, os pistões precisam ser usinados especialmente para permitir isso.
" O método tradicional de usinar um pistão de maneira que permita a expansão irregular seria o "cam-griding", o qual envolve a remoção de material a fim de criar um formato "elíptico" que se torna redondo a medida que o pistão aquece e expande. Infelizmente "cam-griding" não é preciso o suficiente para as demandas dos motores de extrema alta performance, já que ele extrai montantes uniformes de metal ao curso das saias dos pistões.
Isso resulta em material sendo extraído de onde não é necessariamente ser extraído!
A solução da Wiseco para atingir o correto nível de usinagem nas corretas áreas de um pistão é a "variável cam-griding", e como tudo que é feito na Wiseco, o ferramental necessário para fazê-lo foi desenvolvido "em casa". Trabalhando com software de desenho CAD, os engenheiros na Wiseco podem ajustar as maquinas de CNC para a remoção de quantidades variável de material ao longo das saias dos pistões e a fim de criar "desenhos" que são "feitos sob medida" para cada aplicação.
Este é apenas um exemplo da tecnologia e métodos empregados na Wiseco que são cruciais para o encontro das altas expectativas e demandas da mesma, únicas entre os fabricantes de pistões de reposição dos EUA, já que somos o único a, "sozinhos", fabricar pistões forjados. E com mais de 70 anos de historia, a qualidade destes pistões é sem concorrência, e como Brian Marion descobriu Dave Fussner, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento na Wiseco, o qual pode ser frequentemente encontrado nas feiras e exposições, explicando os benefícios dos pistões da compania.
Fonte
 Entrevista e Fotografia de Brian Marion brian@dealer-world.com - Escrito por Duncan Moore duncan@dealer-world.com e traduzido para o português por Carlos " Skateninha" Ourique
Texto original em inglês .

Tradução
Carlos "Skateninha" Ourique